É meu!

É meu!
Pare com o roubo de conteúdo!

19.11.06



Estava a visitar o mosteiro Drepung, em Lassa, Tibete, em Julho de 1988, quando este pequeno tibetano se atravessou de repente frente à minha câmara e ofereceu-me o seu melhor sorriso. Deu-mo de graça, espontaneamente. Como muitas crianças tibetanas, tem um aspecto pouco limpo e subnutrido, qualquer coisa de velhinho. Mas ser capaz de sorrir desta maneira é bem possuir um grande tesouro.

Sem comentários: