É meu!

É meu!
Pare com o roubo de conteúdo!

17.11.06


Em Maio de 1988, numa aldeia perto do Templo Qinglong, nos arredores de Xi'an, província de Shaanxi, três miúdos chineses, como as crianças em todo o mundo, divertiam-se com as poças de água que a chuva deixara. Armados de guarda-chuvas e botas de borracha, atrasavam-se alegremente a caminho da escola pelas estradas enlameadas.

Sem comentários: